sábado, 30 de abril de 2011

Mudar.

E mais uma vez fui assolada por aquela vontade, já muito comum na minha rotina, de mudar. Renovar. Começar do zero, deixando tudo que importava para trás. Recomeçar. Sempre repito mentalmente para mim que será a última vez, que eu conseguirei recomeçar e que vou gostar das mudanças que fiz. Mas nem sempre é assim. Decepções novas aparecerem e a confusão mental me deixa desnorteada. A certeza de não ter certeza e o desespero de estar ciente disso.

Todo recomeço é consequência de uma longa jornada de pensamentos profundos, sobre o que é realmente “ser”. Questões sobre o existencialismo, que nunca me levaram a lugar algum. Teorias já existentes que se modificam um pouco, com esclarecimentos novos.

A certeza da minha solidão e a vontade de mudar isso. Aí nasce a vontade de mudar. A vontade de viver. Na minha realidade atual sinto que estou apenas sobrevivendo, sem ter certeza sobre o que quero, apenas balançando a cabeça e deixando acontecer, sem se impor. Sem temer as consequências.

Mais uma vez eu vou recomeçar, mas dessa vez irei deixar uma vida de lado. A vida que eu alimentava secretamente no mundo ilusório que criei. Por mais que não tenha certeza se essa vai ser a melhor opção, e esteja com um nó de choro preso na garganta, eu vou tentar.

Vou fugir mais uma vez...

5 comentários:

  1. http://milespelhosdavida.blogspot.com/30 de abril de 2011 14:43

    Onde há novas escolhas sempre haverá novos medos..
    escolher recomeçar é escolher cruzar uma ponte que mais uma vez te separa de ti mesmo.

    por causa disso o 'vou fugir mais uma vez' ficou perfeito...
    parabens... muito legal o que escreveu.

    ResponderExcluir
  2. Oi, eu estou te seguindo. Porque eu amei o seu cantinho. Esse é o meu, passa lá! (:
    http://apenasumblogdeumagarota.blogspot.com/

    Beijo :*

    ResponderExcluir
  3. Hoje é meu aniversário, ontem me matei mais uma vez, para então renascer hoje e mudar. É até curioso o fato de eu visitar o seu blog justo hoje.
    Mas sempre notei esse meu dom que intui e me leva na direção certa. Assim como a fênix (que muito simboliza para mim) renascerei quantas vezes forem necessárias, até que toda essa dor e tristeza passem, e eu possa olhar o mundo e ver apenas coisas boas

    ResponderExcluir
  4. Seguindo aqui bem interessante as postagens :D
    Conheça o nosso:
    http://intwo-one.blogspot.com/
    Esperamos você :]

    ResponderExcluir
  5. Muito bacana seu post menina...Escreves muito bem...

    Mudar é sempre necessário...mas as vezes é dolorido...

    Sucesso!
    www.equemnaoamaviajar.blogspot.com

    ResponderExcluir